Reforma de móveis

É totalmente compreensível, algumas pessoas precisam de mudança constante,enjoam de tudo muito rápido, incluindo o ambiente em que estão. Isso acontece pois para organizar cada canto de nosso lar é necessário partimos do nosso estilo para criar identidade a ele, sendo assim, se nossos gostos mudam consequentemente o design da casa também deverá mudar de acordo com ele. Nesse artigo iremos te mostrar que com poucas ferramentas e muita criatividade é possível renovar a decoração. Confira a seguir:

  • Cores Modernas

Mudanças pequenas também podem fazer toda a diferença, uma delas é o banho de cor onde algumas demãos de tinta já é capaz de deixar o móvel completamente diferente. Nossa dica é que você opte por cores vivas, spray nos detalhes ou se preferir escolha os adesivos.

  • Troca de acessórios

É muito comum na reforma de móveis ser preciso substituir alguns itens que não funcionam mais ou estão desgastados, podendo também ocorrer a troca de peças externas para que o móvel fique mais atualizado. Normalmente costumam ser itens como pés do móvel e puxadores de gavetas.

  • Aposte em tecidos e estofados novos

 Uma das maiores, senão a maior, vantagem dos móveis antigos é a resistência e qualidade do qual o material é feito, por conta disso é recomendável optar pela reforma, nossa dica é trocar o estofamento e tecidos para que a peça tenha a aparência e conforto dos produtos novos.

  • Pátina

A pátina é mais uma alternativa para restauração de móveis antigos, é uma técnica que consiste em passar uma base de tinta, geralmente branca, e depois de seca passar uma demão de outra cor. Seu objetivo é dar um acabamento com aspecto envelhecido, desgastado aos móveis usados.

  • Decoupage

 Decoupage é uma técnica artesanal que significa ato de recortar, nela é possível recortar papéis, tecidos e adesivos e colá-los em seu móvel antigo. Aplicada principalmente em materiais de madeira.

  • Laquear moveis antigos

Laquear móveis antigos é a técnica em que consiste em uma pintura que tem o acabamento semelhante ao de carros e é perfeita para deixar a casa cheia de vida e com ar moderno.

 

  • DIY: faça você mesmo

A maioria das pessoas que optam pela reforma tem apenas uma coisa em mente : economizar. Por conta disso, uma das melhores opções é encarar  o famoso “ Do it yourself’ (DIY).Existem diversas referências atualmente, seja em plataformas como o youtube ou sites, blogs e revistas.

  • Aposte no pinterest

Pinterest é uma rede social, que ajuda os usuários a encontrar ideias e referências para experimentar em sua vida real, incluindo reformas.

  • Converse com um profissional

Logo após fazer a pesquisa de referências, é interessante buscar alguém que entenda do assunto e possa auxiliá-lo, seja um arquiteto ou pessoas especializadas em restauração de móveis. 

Quando vale a pena reformar ou comprar um novo ?

Assim como foi dito no artigo, uma das maiores vantagens é a resistência e qualidade que os móveis antigos eram construídos, por conta disso muitas pessoas optam pela reforma, além dos móveis que possuem herança e tem um valor a família sendo ainda mais difícil de se desfazer. Por mais que tudo isso seja uma grande vantagem, deve ser feita uma análise para saber se vale a pena reformar ou comprar um novo. É o que iremos te mostrar a seguir :

  • Analise o estado do móvel

O primeiro passo é a análise do móvel, você deverá analisar se a peça é de qualidade e possui boa estrutura que são os critérios principais para definir se vale a pena ou não. Por exemplo, um sofá : caso  seu sofá tenha sofrido um ataque de pragas, como cupins ou esteja manchado e furado, a melhor opção é comprar um novo. Agora nos casos em que envolve assento e encosto, um restauro no estofado pode resolver a questão.

  • Pense na sua função

Outro item a ser analisado é a questão da funcionalidade do móvel, pois caso você reformá-lo e sua funcionalidade já tenha se perdido, a chance de desperdício e arrependimento se torna maior.

  • Compare os custos

É necessário colocar na balança, caso os custos da reforma fiquem na mesma faixa de preço de obter um móvel novo, você deverá explorar as opções e reconhecer questões como a qualidade do móvel, beleza e tudo que vale mais a pena pra você. O ROI – retorno sobre investimento – é uma das coisas que deve ser levado em conta antes de decidir.

  • Descarte de forma correta

Caso você decida adquirir um novo móvel é necessário também levar em consideração o descarte. Nossa dica é descartá-lo ecologicamente, plataformas como o Ecycle podem te ajudar.

Esperamos que essas dicas possam te ajudar na reforma e deixar o móvel a sua cara, como você viu basta apenas um pouco de criatividade para repaginar o visual.Tenha sempre em mente que a reforma de móveis não precisa ser sempre drástica para que a mudança seja para melhor.

Você também pode gostar...

Conteúdos

Abrir WhatsApp
💬 Precisa de Ajuda?
Construttoria
Olá 👋
Podemos te Ajudar?